Make your own free website on Tripod.com
 
NEP
Núcleo de Estudos e Pesquisas
Landell de Moura
Vania Abatte

O PROGRESSO DA BIOELETROGRAFIA


O Ministério da Saúde Russo já aceita a Kiliangrafia ou Bioeletrografia como meio de Diagnóstico de algumas enfermidades.

Recebemos  do Jornalista riograndense de Porto Alegre, Ricardo Spinosa Kurtz da Rádio Ipanema FM de Porto Alegre e também do Jornal Zero Hora, o material abaixo reproduzido, que lhe foi enviado como matéria jornalística para divulgação, pelo Dr. Newton Milhomens, criador do (*) Padrão Newton Milhomens de Kirliangrafia. A documentação completa consta de nove fôlhas vertidas para o português, pelo tradutor público juramentado MIHAIL IWANOW, da qual reproduzimos sómente duas fôlhas onde são bem explicitadas a aceitação dessa técnica e nos outros são detalhados os testes realizados para aprovação dos aparelhos utilizados.

Os documentos fazem uma análise geral  dos protótipos e materiais para aparelho de captação de imagens através da Bioeletrografia. Como podemos ver, sabemos que na Rússia esta técnica  foi também longamente estudada e aprofundada através de muitos cientistas,já que o casal Kirlian redescobriu essa técnica, pois como sabemos o Padre Landell de Moura, já havia demonstrado a existência do Perianto através de experimentos e dispositivos onde conseguia fotografar a aura humana. Notadamente na Rússia  esta técnica foi estudada pelo Dr. Korotkov, criador também de um padrão, e já é aceita como meio de diagnóstico e terapia de algumas enfermidades.

A pergunta que se impõe fazer é porque em nosso país isso ainda não foi feito? - O que falta para o ministério da Saúde implementar e incorporar este novo meio? - Não estudaram ainda suficientemente o assunto? - É uma pena que tenhamos
que andar sempre à reboque de tudo, quando sabemos que aqui temos e sempre tivemos um celeiro de pensadores e realizadores científicos do mais alto padrão. Se a questão era de que possivelmente não havia comprovação científica do acerto da aplicação deste método, já não é mais o caso, porque não há que se suspeitar dos resultados a que chegaram os cientistas soviéticos.

MENSAGEM ENVIADA PELO JORNALISTA RICARDO BARÃO.
"Este material me foi enviado pelo Sr. Newton Milhomens para ser utilizado como fonte de informação e como prova de que a Foto Kirlian é reconhecida pela ciência oficial russa. O que também estou lhe enviando com o mesmo propósito, de
servir como endosso para a divulgação da Bioeletrografia como uma grande ferramenta de diagnóstico, valorizando ainda mais o trabalho do mestre Landell de Moura, que graças a Profa. Vania Abatte agora é tambem reconhecido pelos cientistas
russos."

DOCUMENTO

MINISTÉRIO DA SAÚDE DA FEDERAÇÃO RUSSA
Comitê de Novas Técnicas Médicas




 
 
 
 


 
 

(*)Padrões:
As variáveis que influenciam a foto kirlian, obtidas por cada tipo de máquina, tem a ver com algumas características de contrução do aparelho tais como Voltagem de Saída (V), a freqüência do pulso elétrico(f->Hz) utilizado, o tempo de exposição, a pressão do dedo na película fotográfica -> (F/A), a marca e a senbilidadade da película (medida em DIN/ASA) e outros parâmetros.

De modo que esses parâmetros todos óbviamente influenciam o resultado final, daí a necessidade de se construir um padrão definido para construção de equipamentos para uma interpretação coerente. Atualmente no mundo são utilizados 3 padrões reconhecidos pela "International Union of Medical and Applied Bioeletrography": O padrão brasileiro criado por NewtonMilhomens, o Padrão Russo do físico  Konstantin Korotkov, o padrão alemão de Peter Mandell.

Assim, fotos obtidas pelo Padrão Milhomens só podem ser interpretadas por quem estudou esse padrão e sabe como
interpretar os resultados obtidos. Óbviamente isto se aplica para os outros dois padrões.

LINHA DE TEMPO NA HISTÓRIA DA ELETROGRAFIA

         Fase Histórica

         1777G. C. Lichtenberg na Alemanha registrou
           eletrografias ou "efluviogramas" através da
           mobilização de pó fino, criadas por eletricidade
           estática e faísca elétrica. Estas imagens puderam
           ser gravadas bem depois, com a ajuda do processo
           Daguerrotipo,(Jacques Daguerre, inventor francês,
           (1787-1851).

        1880Nicola Tesla no E.U.A. mostrou que
            descargas luminosas aparecem ao redor do corpo  quando é
            exposto a campos eletromagneticos de alta freqüências,
            fenômeno que sugere um possível batimento de freqüências que
            como resultado,aparecem como um expectro de freqüências
            visíveis e portanto podendo ser fotografados.

            Tesla foi um engenheiro e físico brilhante, controvertido,
            rico em idéias,muito criativo, elaborou a teoria da
            transmissão de energia através da corrente alternada,
            criou o gerador de corrente alternada e inventou o motor
          de corrente alternada, tendo lutado muito para convencer
            a superioridade deste sistema em relação ao sistema
            de Transmissão de Corrente Contínua, de Edison.
            Até hoje muitas de suas idéias estão por ser compreendidas
            e avaliadas corretamente.

          1906/1907 -(*) Roberto Landell de Moura, no Brasil, descobre
            o PERIANTO através de experimentos e dispositivos que lhe
            permitem fotografá-lo e elabora uma teoria para explicar
            o fenômeno. Landell constata um "duo" do corpo. Inventou
            aparelhos que permitiam a transmissão da palavra humana
            articulada através de ondas hertzianas e via luz e também
            transmissor de telegrafia sem fio, antes de Marconi em 1893/4.

            Landell dedicou-se também  a estudos de parapsicologia.
            Como padre católico, na cidade de Mogi das Cruzes, em 1906
            teve a oportunidade de praticar o exorcismo, chamando a
            atenção dos espíritas para o fato e desagradando a igreja
            católica, que mais tarde o proibiu de fazer isto.
          Seu nome está na história dos pioneiros das telecomunicações.

            (*) - Data - (1906/1907) -  de acôrdo com pesquisas do Jornalista e
                 escritor B.Hamilton Almeida, livro "Landell de Moura"- página 67.
                 Quinta Edição - Editôra Tche. Coleção: "Esses Gaúchos".

          1892J. J. Narkiewich-Jodko na Rússia estudou
            eletrografia e a desenvolveu como um metodo de estudo
            das potências humanas. A pesquisa dele foi assumida
            por M.Pogorelski na Rússia e B.I.Navratil em
            Czehia.

          1930–Os Doutores Pratt e Schlemmer em Praga
            estudaram “contatos impressos de vários objetos colocados em
            a emulsão fotográfica em um campo elétrico
            durante as descargas elétricas.”
 

          Estágio de pesquisa pré-científica

          1939 - Um técnico russo Semyon D. Kirlian estava reparando
            equipamentos  em um hospital quando ele notou
            que interações entre  correntes elétricas e
            placas fotográficas, impressões de organismos viventes,
            foram desenvolvidas no filme. Kirlian e sua esposa Valentina
            empreenderam uma pesquisa que durou toda suas vidas.
            Valentina morreu em 1972, Semyon faleceu em 1978. Este fenômeno
            da possibilidade fotografar a interação entre campos magnéticos gerados
            por correntes elétricas e a e aura humana era novamente redescoberto,
            pois Roberto Landell de Moura  já havia feito isto em 1906/7.

         1970 - Nos anos setenta devido ao livro intitulado “Descobertas Psíquicas
           Atrás da Cortina Férrea” por S. Ostrander e L. Schroeder o trabalho dos Kirlian
           ficou conhecido nos Estados Unidos..

         1970-90 - Centenas de documentos e dezenas de livros
           foram publicados. Muitas observações interessantes
           e um jogo de correlações estatísticas foi colecionado.
           A maioria dos investigadores estava usando photopaper
           técnica.

         1983-86 -I.. Dumitresku na Romênia, Peter Mandel na
           Alemanha, Newton Milhomens no Brasil desenvolveram
           diferentes abordagens para diagnosticos usando  processos
           eletrográficos.

         Fase de Pesquisa científica

         1995Konstantin Korotkov -Nova abordagem científica, baseado na CCD,
           Vídeo técnica, eletrônica moderna e
           processamento de dados em computadores–
           A Técnica da Visualização da Descarga de Gás - GDV -
           "Gas Discharge Visualisation technique".

         1999 - O Ministério da Saúde da Russo aceita os procedimentos
          da Bioeletrografia como meio legal de diagnóstico de determinadas
          enfermidades.

CONTATOS - NEP - VÂNIA ABATTE -  CONTATOS - NEP - VÂNIA  ABATTE
Núcleo de Estudos e Pesquisas - Landell de Moura

abatte@terra.com.br

Retornar à página principal